terça-feira, 10 de março de 2009

Jogo da vida!!!

Na vida adulta a gente brinca como criança...

Quem bate-cara é a tristeza!
E ela insiste em nos procurar...
Mas nessa brincadeira vou correr na frente
e quem sabe ainda salvar o mundo?

A gangorra é dos sentimentos...
Que dá um frio na barriga na hora de mudar de posição...
É um gira-gira de emoções
Que em certo ponto parece tudo uma coisa só!

"Com quem... você... pretende se casar?"
Nesse jogo não se pode errar...
Enroscar o pé na corda
Ter cuidado para não cair!

E o que dizer de gato-mia? Cobra-cega?
Ás vezes o que temos à frente é só o tato...
É preciso desenvolver sentidos
Sensibilidades...

O jogo da amarelinha
Talvez seja o mais dificil de todos...
Cada vez com obstáculos maiores
Nos impedindo de chegar ao céu...

Quem disse que adulto não brinca?
É o famoso jogo da vida!!

3 comentários:

Poly disse...

Adorei!!!

é realmentre isto mesmo....

No final, a gente olha para a vida que passou e vê que foi um parque de diversões!!!
Uns dão medo... frio na barriga... looongas filas de espera para o momento esperado passar tão rápido...

Amo vc!! Estou adorando as suas poesias!!

Beijos

Poly

http://velhomarujo.wordpress.com/ disse...

Meu, simples, porém não é que tem sentido. A vida realmente é um parque, e também curti o comentário da Poly, carakas... Quem nunca ficou horas, dias, meses, anos, esperando uma oportunidade de brincar de ser feliz na fila, do parque da vida. Parabéns! Você com um estilo próprio na escrita, curti mesmo!

frutuoso disse...

Simples texto, mas cheio de verdade. Adoro seu jeito de expressar.

Quem dera morassemos perto.

Beijos amada!